segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Sobre a perda da infância...

A infância foi o que a fase que me rendeu mais boas recordaçõs, coisas como pbrincar na praça com minhas amigas (que são amigas até hoje!), brincar de barbie, andar de bicicleta, ir ao bosque com o meu pai, os sábados de manhã que minha mãe me ensinava a cozinhar, os sábados a tarde na casa da minha avó, sair por ai com meu pai me ensinando a fotografar, darçar xuxa, usar moletom, correr na hora do intervalo na escola, ter diário, ler, nadar. E isso durou bastante, muitas coisas até os 14 anos.
Lembro que quando eu tinha uns 7/8 anos e passava na TV uma cena de beijos, ou algo mais intimo do que isso, meu pai tampava meus olhos. Assuntos "adultos" não era comentado aqui, lembro que minha mãe falava " depois te falo, tem gente descalço aqui" era a forma de dizer que não poderia falar perto de mim.

Hoje em dia a infância se perdeu, e é culpa dos pais!
Os pais acham normal deixar uma criança assistir novela, entendem como 'momento de lazer' deixar a criança na frente de um computador jogando colheita feliz, afinal, é mais cômodo né?Pra que se dar ao trabalho de reservar algumas horas para brincar com seu filho né?Leva-lo ao parte, interagir com outras crianças, é mais fácil colocar "Shrek" na TV.

As mães acham normal vestir uma criança de 2/3 anos de mini saia e bota. Sou retrógrada? Nem tanto. Só acho que tudo tem idade. A maioria das pessoas estão esquecendo isso, e achando tudo normal, normal ter filhos precoces!
Talvez a fonte de tudo isso, seja a frustração das mães, que nem sempre foram o exemplo de beleza, ou foram criadas com uma educação rígida, e agora querem fazer diferente, querem chamar a atenção pelos filhos, vestindo suas filhas como mini-putas e mini-rappers, afinal, bonito mesmo é levar o filho de 2 anos dançar rebolation na tv né?Olha que lindo, como ele é espertinho para a idade!
Trasformar as filhas em 'adultas' desde cedo, maquiando, roupas curtas, imitando lady gaga na tv, e toda essa 'beleza' falsa.
Mãe ensinando para as filhas que os homens não prestam, o pai ensinando para o filho que mulher é para se pegar mesmo, que tem de pegar todas. Depois culpam as filhas de engravidar com 14 anos, ou o filho de engravidar uma guria, sendo que ele só tem 16 anos!

Cadê o hábito de ler com/para os filhos?Ou de tirar uma hora no dia para fazer a lição de casa com o seu filho?Pra que né?Hoje em dia a internet ajuda tanto com isso, para que se dar ao trabalho de ajuda-lo, sendo que ele aprende tanto pesquisando na internet, e lendo Crepusculo!


Não é errado querer o melhor para nossos filhos, querer que eles sejam melhores do que nós somos/fomos, ou uma criação melhor, menos rígida com mais conversa, ser pais mais liberais. Só que as vezes achamos que estamos fazendo a coisa certa, mais é a errada!
Não quero que minha filha perca a infância dela, mas sei que não posso cria-la em uma bolha, tudo tem limite, e é necessário equilíbrio.

6 comentários:

Luciana(acredite no seu potencial e seja feliz) disse...

Maravilhoso seu texto é a mais pura verdade , tudo tem a hora certa o momento certo ,é isso
ai ,porque os valores que são passados a essência
fica por toda a vida , como a essência ta em você agora de valores que a sua mãe te passou
lindo isso , o trabalho de uma mãe nunca é em vão , o amor a verdade prevalesse sempre.

Tah disse...

Muito bom!
Sabe, eu me acho mega quadrada por gostar de ver as crianças, curtindo cada fase, com seu moletonzinhos e tênis, mas eu acho q é essencial que se aproveite isso...pois os pequenos adultos de hoje, serão q tipo de adultos amanhã?
Muitos valores se perderam com o decorrer do tempo...mas fico bem contente em saber q vc tem uma opinião parecida com a minha..rs...q n sou tão quadrada assim, ou n sou a unica..rs...
Bjão pra ti e pra minha gatinha

Vanessa e Enzo disse...

Concordo! E vejo exemplos disso... as vzs as filhas são mini p! pq tem o exemplo em casa. Vejo pessoas que engravidaram mais ou menos no msm tempo q eu e q não curtem o filho. A pessoa em questão (barriga de aluguel, pq mãe definitivamente não é!) é mãe solteira e larga o filho em casa com os avós e vai p night. Vida normal - cm se a criança não existisse - e nada de momentos com a criança. Não curte! Não que seja errado os pais sairem, mas e o tempo com os pequenos? DÁ TRABALHO! Dá trabalho dedicar um tempinho para eles, dá trabalho correr com seu filho no parque, dá trabalho levá-lo a praia, dá trabalho! Dá trabalho criar uma criança e por isso é mt mais fácil introduzi-la precocemente no universo adulto!

Laudiane disse...

Concordo em gênero, número e grau flor, acho que cada fase da vida tem que ser aproveitada em seu máximo porque passa muito rápido e isso que estou fazendo por aqui,,,,
Crescer dói né, pra que ter pressa?
Adoros eus posts flor sempre nos faz refletir
Linda semana
Mil beijos

Alê Schnabel disse...

concordo com cada palavra sua!
nem tenho pq fzr um comentario gigante, pq vc simplesmente escreveu td oq penso!

como sempre!

beijos

Pri disse...

concordo absolutamente com tudo que você diz, se eu tivesse uma menina ia agir exatamente como você e, tendo um menino, pode ter certeza que ele não será educado na base do "sair pegando" ...

bjus