terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Medo da separação (?).

A Beatriz é muito grudada com o pai, muito mesmo! Dizem que é normal a menina ser mais grudada com o pai né?Então, a Bia é bem puxa saco, adora imitar o pai, come direitinho com ele, obedece ele que é uma beleza, acorda ele com beijinhos, enfim, um grude só!
E o papai era todo dela, já que ele trabalhava em um horário super flexível e algumas vezes deixava de ir para ficar conosco. Agora o papai mudou de emprego, entrou para uma empresa super legal e fazem duas semanas que ele tem saído mega cedo, e chegando em casa em um horário diferente do habitual.
Com isso a Beatriz tem estranhado muito.
Já é de costume ela dar beijinho no papai para ele sair e a gente leva-lo até o portão de casa.  Mas hoje foi diferente, a Beatriz soltou um " qué junto!" e saiu correndo colocar o chinelo. Quando ela percebeu que não ia, ficou chorando e chamando pelo pai no portão.
Eu expliquei, expliquei, expliquei. Falei que o papai voltava logo, que todo dia ele voltava, que ele tinha ido trabalhar e na volta ia trazer pão de queijo, mas nada adiantou.

Beatriz saiu pelo quintal de bico, pegou o chinelo, jogou no chão e soltou um "MERDA!". 
Eu ri.







E vocês, como lidam com esses momentos dos pequenos? Eles veem o pai saindo trabalhar e querem ir junto? Como funciona ai?


Beijos

13 comentários:

Dnise disse...

hehe Kira ms uma parte difícil da maternidade né?
aqui em casa é a assim tb principalmente nas sgundas já que o meu marido passou o fim de semana com a gente...(isso qd não trab aos sábados)

a Sofia chora bastante pra ir com o pai e mesmo falando q ele vem no fim do dia ela nao se conforma mto não :(...
mas depois de um tmpo ela acaba indo brincar com suas coisinhas e eu falo: "que linda, quando o papai chegar vc vai mostrar pra ele q arrumou suas barbies?" tem funcionado bem, a pequetita fica feliz de ouvir :)

té mais! um abraço na Bia

(Mamãe) ~Pinel disse...

Tadinha!!hahaha
A Lara reclama e quer ir junto com qualquer pessoa que vai sair!
O jeito é ir conversando mesmo, e explicando e depois distrair.
Não tem como levar, fazer o que?

Tiago K. disse...

O Lance é o Seguinte, ele vai ter q trazer o pão de queijo, senão já era...
É importante quando ele chegar você lembrar ela do que disse antes de ele sair pra reforçar a confiança.
Tipo "Viu... eu falei que o papai ia voltar"...

Os meus foram assim...

Bruna A. Rolemberg disse...

Ai que linda :D
Eu acho lindo filho apegado com o pai, não sei porque rs.
Mas depois ela acostuma.

Beijos

Yumi disse...

Aqui eh meio diferente... o pai sempre foi ausente, então o Fe nunca estranhou muito. As vezes reclamava, mas não passava disso. Nos dias de visita, qdo ele vai embora, eh so levar o Fe pra outro comodo e blz.

Agora, se eu, minha mae ou minha irmã sair... aí sim o mundo acaba ahuhuahua uma vez minha mãe saiu por 2 horas, e ele ficou chorando e berrando no portão até ela voltar =P

Pati disse...

Aqui mesmo o pai morando com a gente é bastante ausente por causa do trabalho, o bebê chora mais pelo fato de querer ir pra rua do que pela ausência do pai, a qual ele já está habituado. Então é só distraí-lo que fica tudo bem!
Eu é que não posso nem sair pra jogar o lixo fora sem ele que acaba o mundo por aqui. =/

Carol Liôa disse...

kkkkkk adorei o "Merda" kkkkk
olha aqui é o berreiro quando o papai sai! ele tem q colocar a camisa so quando ja esta na porta indo trabalhar, q se colocar antes ela ja sabe e começa o berreiro! ja teve dias d eu ter q descer junto p ela parar d chorar! eu tento distrair, mas ela é um grude com o pai tb! eu levo 1hr p por ela p dormir, com o pai é so deitar e pronto! ele pode ficar com notebook no colo, conversando, mas ela dorme imediatamente... fazer o q né? rsrsr bjs

Josiane Caetano disse...

Obrigada pela visitinha lá no meu cantigo e pelo comentário sincero e delicado! Avós são tudo de bom, sou agradecida por isto todos os dias!
Descobri no seu penúltimo post que vc é de Campinas. Sou de Sumaré! Mundo pequeno, não?
Que nossas "Beatrizes" sejam bastante mimadas e amadas pelos avós!
Bj!

Marcia Pergameni disse...

Imaginei o Merda!!!!! Aqui a Cecilía as vezes pede pra vir junto comigo, raramente eu trago. Mas com o pai ela nem o vê saindo, muito cedo.
Então a dura tarefa de deixar na creche é minha, e eles chora viu!! E depois o pai pega eles.

Mãe de três disse...

Aqui em casa, o problema é comigo, sempre comigo, se eu estiver junto eles não se importam, mais dá um dó quando tenho de sair e deixá-los chorando, os meninos não choram mais, mais a bb é fogo, abre o maior berreiro, eu converso, e tals, mais acho que só vai melhorar quando crescer um cadinho, bjks

Anônimo disse...

meu bebezao e muito grudado com o pai muitoooooo mesmo, obedece muito mais a ele beija abraça acorda com beijinhocom direito a estalinho e tudo, quando o api esta em casa anda o tempo todo atras dele com medo dele sair e nao levar ele kk, ai quando o pai pega achave ele ja fika na porta esperando ele e diz hen papai( tipo vem papai) e da thau para mim numa boa.
ai o poblema e quando o pai sai para trabalhar e nao pode levar ai ele chora esperneia faz voz de coitadinho chamando o pai da muita do mesmo, ai faço que nem vc, elve ele no portao digo que ele vai mais volta ha nao adianta nada, ai o pai diz que vai trabalhar ´para comprar carrinho ha nao adianta nada tambem e muito amroooo bjs aline mae do henrique

Anônimo disse...

esquecie de mencionar que eu estudo a noite ai dou um thauzinho com segunda intençoes achando que ele fara o mesmo para mim( choro) ai o meu lindao nem liga e diz assim thau mamaizinha. kkkkk

Nutricionista Infantil Karine N. C. Durães disse...

hahahahaha Ri muito com o "merda"! Gracinha... acho que com o tempo ela acostuma.... e se prepara, que no fim de semana ela vai grudar rsrs
Beijos pra vocês